Espiritualidade do Coração de Jesus

O SANGUE E A ÁGUA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

O SANGUE E A ÁGUA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

(imagem: Enciclopedia Católica – Aciprensa).

QUANDO O SOLDADO LONGUINHOS retirou o ferro da lança, que abrira o Coração de JESUS, viu-se sair, daquela profunda Chaga, Sangue e Água.

Ora, se contemplarmos atentamente a santa imagem desse Coração adorável, [tocante símbolo de amor de JESUS por nós], teremos a sensação de ver gotas de Sangue e de Água manarem ainda daquela misteriosa ferida… A água é o símbolo do Batismo. Ao ser derramada sobre a cabeça do batizando significa que ele, naquele momento, está renascendo para vida da graça. “Nos diz nosso Salvador: derramarei sobre vós, uma Água saudável e sereis purificados de todas as vossas iniquidades e dar-vos-ei um coração novo”.

Assevera Santo Agostinho que aquela Água milagrosa ainda tem a virtude de apagar a ardente sede das paixões: Não é somente, diz, um banho saudável para lavar as almas, é uma bebida para as dessedentar e refrigerar”.

Ó bom JESUS! Dai-me dessa água para que eu beba e não tenha mais sede. Quis beber na fonte dos vãos prazeres e ardo de sede: Senhor, abri-me a fonte do vosso Sagrado Coração e ficarei saciado.

Corre o Sangue do Coração de JESUS para operar a nossa justificação. Sobe a sua voz ao trono de DEUS, não para pedir vingança, mas para pedir compaixão e misericórdia, e, ao ouvir essa voz, aplaca-se a sua justiça, e Ele não nos olha senão com amor.

Exclama São Boaventura: Ó doce Chaga! Amável ferida do Salvador! Que tesouro mais maravilhoso! A sua morte dá a vida, as suas chagas curam, e o seu Sangue redime as almas! – É o Sangue do Coração de JESUS, que ainda corre todos os dias no cálice dos altares, e que dá a vida da graça. Sim, o vinho sagrado, que faz germinar virgens e regozija as alma, é o Sangue de JESUS. À sagrada mesa tinge-nos os lábios e circula-nos pelas veias, de forma que, conforme a bela expressão de um santo Padre, adquirimos com JESUS CRISTO uma gloriosa consanguinidade. Oh! Vamos, muitas vezes beber no cálice da Salvação e inebriar-nos desse Sangue divino.

Alma cristã, aconselho-te a repetir frequentemente no decorrer deste dia, como oração jaculatória, estas duas frases da bela oração de Santo Inácio:

Água santa, que corres do Coração de JESUS, purifica-me.

Sangue de JESUS CRISTO, inebriai-me, inebriai-me do vosso amor.

E quando beijares o crucifixo, gostarás sobretudo de tocar os lábios sobre a Chaga do Coração, como para libar dela as derradeiras gotas de Sangue. Sem as há; vai, pois, e inebria-te de amor.

* * * * *

REFERE A TRADIÇÃO QUE O SOLDADO LONGUINHOS, que ousou ferir com a lança o Lado de JESUS, enxergava só com um olho. Sobreviera-lhe essa desgraça havia muitos anos, em resultado de longos e cruéis sofrimentos. Quando retirou a lança, uma gota do Sangue divino lhe caiu no olho cego, e no mesmo instante, ó, prodígio de misericórdia! O olho doente e fechado se abriu à luz e ficou perfeitamente curado. A alma dele foi ao mesmo tempo iluminada pelas luzes da fé, e o seu coração amou ternamente o Deus que acabava de ultrajar. Admirável vingança do Salvador! Cura milagrosamente a alma e o corpo do algoz que lhe feriu o adorável Coração com ferro deicida! Oh! Quanto é precioso o Sangue que brota daquela fonte de amor!

Longuinhos não foi ingrato. Forçado a guardar o sepulcro de JESUS CRISTO depois de seu sepultamento, e testemunha do grande milagre da Ressurreição, propagou por toda parte a sua cura milagrosa, o que vira e ouvira. Os judeus, não tendo podido corrompê-lo com promessas e presentes, alcançaram de Pilatos que ele fosse morto, e dois soldados receberam ordem de o matar. Ao saber disso, Longuinhos exulta de contentamento, tendo-se por feliz morrer também por Aquele, cujo Sangue o curara e santificara. Dá ordens a um criado que lhe traga uma veste branca para solenizar a festa das celestes bodas; e depois de ter abraçado e abençoado dois de seus amigos que o acompanhavam ao suplício, foi decapitado. Tal foi a morte edificante daquele que fora ao mesmo tempo algoz e apóstolo do Sagrado Coração de JESUS. Oh! Maravilhoso poder do preciosíssimo Sangue que verteu daquela Chaga divina! Se uma só gota tem tanta virtude, que fará essa fonte inesgotável, que corre incessantemente no Altar!

* * * * *

Oração: Oh! Sagrado Coração de JESUS! Quanto me amais! Que seria de mim, se não tivesse sido remido pelo vosso preciosíssimo Sangue? Ah! Ter-me-ia perdido irremediavelmente. Ó bálsamo inestimável, saído da fonte de um amor imenso! Doce Salvador, continuai a derramar sobre mim o orvalho desse Sangue saudável para que ele me purifique cada vez mais e me alcance a glória do Céu. Amém.

* * * * *

Sagrado Coração de JESUS, de onde saiu o líquido mais precioso, tende piedade de nós.

(Fonte: opúsculo Devocionário do Preciosíssimo Sangue de Jesus Cristo, Editora Divina Misericórdia, 2004, “O Precioso Sangue Histórico e orações da Igreja do Santo Sepulcro de Neuvy, França”, organizado pelo Padre Philippe Nahan e traduzido do francês por Roberto Caldeira Soares, pp. 39-42 – Texto revisto e com destaques acrescidos)

Mostrar mais
Translate »
...